Blog
Pesquisa
homem com camisa social, escrevendo à lápis em um sketchbook, próximo à um notebook - uma alusão às transações b2b digitais.

O segmento B2B e as transações digitais

Nesta quarta revolução industrial que estamos vivendo, várias empresas estão passando por transformações digitais para estarem cada vez mais conectadas ao mundo virtual. Assim, para suprir as necessidades industriais, surgem novos formatos de relacionamentos empresariais on-line, que impactam diretamente o segmento Business to Business, também conhecido como B2B.

O nome em inglês significa, ao pé da letra, “de negócios para negócios”. Como na terceirização, são empresas trabalhando junto de outras. Elas aproveitam as experiências, às vezes até da concorrência, comprando e vendendo produtos, serviços, trabalhando seu marketing, entre outras trocas empresariais.

É um processo comercial que proporciona longas parcerias entre companhias. Se o cliente se sentir satisfeito com o trabalho, é provável que as compras sejam recorrentes. Os contratos entre empresas tendem a ser a longo, o que gera uma maior estabilidade financeira. Para isso, é ideal conhecer o mercado, as necessidades e o padrão de qualidade do seu consumidor.

B2B On-line

Um e-commerce B2B é um exemplo de canal para empresas, que têm como alvo a venda on-line atacadista. A Inbound Commerce diz que “30% dos compradores corporativos fazem mais da metade de suas compras online hoje. Em 3 anos, 56% deles farão mais da metade de suas compras online.” Logo, entrar nessa onda B2B, hoje é imprescindível para seu negócio.

Essa tecnologia, permite um relacionamento otimizado entre as atividades corporativas. O cliente, pode escolher dentre toda a sua cartela de produtos, demonstrada detalhadamente no seu site, sem precisar esperar pela visita do fornecedor. Pode, também, solucionar dúvidas instantaneamente pelo seu atendimento virtual, recurso este que deve ser investido como estratégia de atendimento.

Plataformas B2B, podem contar com funcionalidades variadas e customizadas. Há também a possibilidade de segmentar tabelas de preços para diferentes tipos de consumidores, assim como descontos de acordo com o volume ou valor da compra. Para se destacar da concorrência, é interessante ter um diferencial planejado, como facilidades de entregas e formas de pagamento e de crédito, garantindo assim, a finalização da compra e fidelização da carteira de clientes.

Seu revendedor pode continuar atendendo, sem deixar de ganhar a devida comissão, oferecendo uma senha especial para descontos exclusivos e auxiliando aqueles com maiores dificuldades em usar a internet, além de outras funcionalidades.

Outras empresas focadas em B2B

Indústrias que vendem insumos, importadores, distribuidores, departamento de marketing, franqueados e até o “chão de fábrica” estão conectados. Logo, o relacionamento entre todos está se aprimorando virtualmente.

Existem, ainda, dentro da categoria, vários tipos de B2Bs. Empresas que prestam serviços de marketing,  que dão suporte aos portais internos, que desenvolvem o design e o site da empresa, entre várias outras aplicabilidades interempresariais.

Um exemplo legal e diferente de empresa B2B e facilitadora de contatos B2Bs, é a Soluções Industriais, um portal onde você divulga a sua empresa e o serviço que produz para outras empresas. Além de ter informações superatualizadas, funciona como uma vitrine de sua empresa, mostrando, para um grande número de outros empresários, seus produtos, oferecendo relatórios, produtos de destaque e muito mais.

Podemos citar também a Nicolini, fabricante de acessórios automotivos de porte pesado e semi, onde o público-alvo são transportadoras e empresas que necessitam do uso de caminhões em seu trabalho. Para comprar on-line, é necessário fazer um cadastro exclusivo para pessoas jurídicas. É uma empresa que pensa em sustentabilidade como diferencial, além de oferecer diferentes formas de pagamento e entrega.

Já a Maksiwa, é uma importadora internacional que conta com um e-commerce multilíngue para somente revenda de máquinas para marcenaria e embalagens. Trabalhando com regras dinâmicas para vender por atacado para empresas e varejo para clientes, sendo assim, uma empresa B2B e B2C.

Mas lembrem-se que mesmo trabalhando para empresas, existe uma pessoa por trás do processo de compra. Então, manter uma comunicação humanizada e pensar com empatia é imprescindível.

E você, quais empresas B2B conhece? Deixe seu comentário. Aproveite para baixar nosso Ebook e saber tudo sobre este segmento para otimizar seus processos. Até o próximo post!

Avatar Ingrid Marina T de C Rodrigues postou 05/09/2018
toasty