Blog
Pesquisa

6 incríveis passos para criar o seu Mind Map perfeito

O Mind Map, ou “mapa mental”, é uma técnica que vem tomando espaços dos processos de criação de projetos, aprendizagem, elaboração de ideias, entre outras funcionalidades.  

Criada por Tony Buzan, um psicólogo inglês, esta ferramenta está cada vez mais sendo reconhecida entre as metodologias empresariais, pois auxilia naturalmente nos direcionamentos e tomadas de decisões, na organização dos planos de ações e gestão de informações, e ainda nas táticas de comunicação. Veja como a seguir:

Ilustração de um cérebro com várias engrenagens, canos, fios, balões de fala, etc, uma alusão à organização cerebral e o mind map.

Desenvolvendo inteligências

Trata-se de uma ferramenta em forma de diagrama, que facilita a visualização dos elementos coletados numa espécie de estrutura de informações. Ela ainda colabora para uma melhor memorização e desenvolvimento de novas ideias, além de ser uma ótima maneira de instigar e encorajar sua criatividade.

Funciona como um software cerebral, onde os pensamentos ficam visualmente bem detalhados, seguindo uma lógica de mapeamento das suas percepções a respeito de um tema principal.

Com o Mind Map ainda é possível:

  • organizar informações excessivas;
  • maior produtividade;
  • otimização de tempo;
  • mais concentração;
  • reconhecimento de prioridades;
  • detectar oportunidades;
  • produzir textos em diversos formatos;
  • descobrir respostas para problemas;
  • memorização dos elementos.

Ilustração de um cérebro com rosto com óculos, pernas e braços, fazendo um joia com a mão, uma alusão ao uso de mind map.

Passo a passo para montar seu Mind Map

É recomendável se for inexperiente no assunto começar a fazer seu Mind Map à mão mesmo. Para isso, aconselhamos o uso de uma página na posição horizontal.

1. Definição do tema principal

O primeiro passo é sobre o que se trata seu mapa. Qual o tópico principal que deseja organizar ideias? Qual o foco específico do assunto? É a partir dele que surgirão os próximos conceitos.

2. Ramificações

A partir do tema central, vão se construindo novos subtemas, como uma espécie de raiz, e ainda, subtópicos dos subtópicos como galhos de árvores. É possível usar textos sintetizados para descrever estas fases.

Então, vai se respeitando a hierarquia das informações, com principais temas ligando-se por linhas aos temas de importância mediana, e estes aos temas de menor importância ou dependência. É válido preencher seu Mind Map com o maior número de elementos relevantes possíveis para ficar bem completo!

3. Deixe visualmente atrativo

É legal também, separar as informações por cores, ou formas geométricas, relacionando uma mensagem à outra. Símbolos, palavras-chave e ilustrações também são bem-vindas, desde que elas lhes remeta àquele conceito, pois também facilitam a internalização do conhecimento.

Suas associações são únicas! Então preencha seu mapa com aqueles elementos, ícones ou símbolos que fazem sentido para você e sua equipe, sendo que se possa entender e lembrar do que se trata.

4. Pense rápido

Não pare para pensar na hora da composição. Escreva tudo o que vier a sua mente, mesmo que a ideia possa parecer absurda. Não as descarte de maneira nenhuma, pois essa ideia “maluca” pode ser a solução de um problema.

5. Pausa nº1 e revisão

Agora que seu Mind Map já está montado, dê uma pausa para respirar e tomar um café. E só depois de estar com a mente fresca retome seu Mind Map e comece a revisar o que pode ser descartado, o que realmente faz sentido e o que deve ser refeito.

Preste bastante atenção naquelas informações que aparecem mais de uma vez no seu mapa, pois elas mostram que são itens importantes e podem precisar de um cuidado maior do que você está dando.

6. Pausa nº2 e finalização

Depois da segunda versão do seu mapa de ideias feita, é hora de dar uma nova refrescada no cérebro, relaxar e começar novamente. Analise todas as informações dispostas e o finalize. Tá pronto seu Mind Map!

Exemplo de Mind Map

Existem ainda, programas, aplicativos e sites para fazer seu mapa mental online. Listamos alguns exemplos que encontramos a seguir:

 

Agora, com seu Mind Map feito, coloque-o em uma parede ou abra-o em seu monitor e comece a agir a respeito. Este é o espelho do seu pensamento expressado graficamente. Organizando um mapa mental, suas sessões de brainstorming podem ser bem mais construtivas e colaborativas, além de ser uma mão na roda na hora do planejamento.

Já fez um Mind Map? Comente no campo abaixo quais foram suas experiências em relação ao seu mapa. Aproveite para compartilhar suas ideias junto deste texto nas redes sociais! Até o próximo post.

Avatar Ingrid Marina T de C Rodrigues postou 21/01/2019
toasty