Blog Mentores

Blog Mentores Blog Mentores

blog blog
Pesquisa

Black Friday e Ecommerce B2B: potencializando vendas neste segmento

A Black Friday está chegando!  A estratégia de vendas que mais  conquistou o comércio varejista e que só perde para o Natal em questões de venda, acontece esse ano no dia 23 de novembro e as empresas já estão se movimentando para oferecer os melhores descontos e ofertas a fim de obter um grande volume de vendas e consecutivo faturamento.

O fenômeno, que já acontece há pelo menos 5 anos no Brasil, impacta em resultados admiráveis principalmente as vendas online. Os eCommerces, então, devem estar preparados para atender as demandas desta data tão produtiva e as plataformas B2B também não devem ficar de fora. Conheça nesse artigo dicas para aproveitar a Black Friday da melhor maneira para seu eCommerce B2B!

A Black Friday

Em um momento de crise econômica nacional, o comportamento do consumidor acabou se modificando. Hoje, os clientes estão mais conscientes na hora da compra, esperando por um momento oportuno para gastar.

As datas comemorativas ainda são aquelas que mais dão resultados para os comerciantes. E, aproximadamente neste período, de início de novembro até janeiro, as vendas tendem a “girar”, tendo em vista que muitos trabalhadores recebem o 13º salário e, ainda, a proximidade da data com o Natal. Ou seja, os consumidores já estão se organizando para as compras!

Segundo a G1, “a Black Friday gerou faturamento de R$ 2,1 bilhões para o e-commerce em 2017, alta de 10,3% ante aos R$ 1,9 bilhão registrados no mesmo período do ano passado. O levantamento leva em conta dados de compras dos dias 23 e 24 de novembro, ou seja, na quinta, véspera do evento, e sexta-feira. O número de pedidos cresceu 14%, de 3,3 milhões para 3,76 milhões” (grifo nosso).

Os dados deixam claro que é imprescindível aproveitar esta oportunidade de vendas para um eCommerce. A concorrência também está se preparando, então, destacar-se no meio de tantos é indispensável.

B2B

Um segmento B2B, para quem não conhece, do inglês business to business, possui características específicas que o diferenciam do business to customer (vendas para o cliente). A venda ou serviços diretamente para outras empresas é o principal atributo, mas, para isso acontecer, existem outras peculiaridades funcionais que compõem o modelo.

Num eCommerce B2B existe a possibilidade de segmentar o catálogo mediante o perfil do cliente e de acordo com o seu histórico de relacionamento. Além de terem um atendimento diferenciado dos consumidores do varejo, conseguem condições de pagamento e ofertas personalizadas. Mas só realizam o pedido após aprovação de crédito e um valor mínimo de compra.

O pagamento neste segmento acontece depois de recebidos os produtos, por nota fiscal com os impostos referentes, como IPI, ST, ICM e DIFAL, que variam de acordo com o estado, tipo de empresa, classificação do produto, e outros.

BlackFriday’2B

Além da redução de preços comum na Black Friday em todos os setores, um eCommerce B2B pode planejar algumas estratégias promocionais para esta, que é a melhor temporada do ano para o comércio eletrônico ampliar suas vendas. Afinal no B2B, diferente do B2C, não há como fazer compras por impulso. Tudo precisa ser devidamente planejado, além de não envolver apenas uma pessoa, mas várias, na decisão de compra. Citamos algumas opções a seguir:

  • Cupom de desconto personalizado;
  • Frete com menor preço ou grátis;
  • Desconto para quem já mandou uma proposta de negócio;
  • Faixa de descontos em produtos;
  • Brindes e materiais de comunicação (como expositores novos) para empresas que fizerem compras acima de um valor determinado;
  • Redução do valor mínimo de compra;
  • Novas formas de pagamento: mais parcelas ou faturamento exclusivo, entre outras possibilidades.

Prepare-se!

Existem algumas especificidades que devem ser assertivamente planejadas independentemente do segmento de negócio de vendas virtuais devido ao número significativo de acessos dos customers online. São elas:

  • Utilize as redes sociais: Tanto como canal de atendimento quanto de divulgação antes da data e da melhor maneira possível;
  • Divulgue por e-mail: Envie email marketing segmentado para aquele cliente especial;
  • Potencialize seu site: Reduza o tamanho das imagens, amplie a tecnologia de cache e tenha um bom load balance para seu site não sair do ar com o grande número de acessos;
  • Verifique a validade do domínio: Não deixe seu site fora do ar justo na data da Black Friday;
  • Otimize a UX: Garanta uma boa experiência dentro da sua página em todos os devices para os usuários não desistirem da navegação;
  • Destaques na home: Atualize com as promoções mais relevantes com banners ou pop-ups interativos;
  • Instigue o senso de urgência: Alguns sites incluem até um relógio de contagem regressiva até o fim do evento;
  • Garanta o suporte com o cliente: Tenha uma equipe maior e preparada para sanar as possíveis dúvidas dos clientes, seja por canais de atendimento online, email, telefone ou WhatsApp;
  • Otimize check-out de pagamento: O mais simples e fácil o possível para o cliente não abandonar o carrinho de compras;
  • Revise seu estoque: Separe os produtos com mais volume ou os “encalhados” para promocionar. Também é válido fazer ofertas com os mais procurados;
  • Campanhas de valor: Reserve as fotos de melhor qualidade e seja honesto nas suas promoções. Não adianta aumentar o preço dos produtos no mês anterior para reduzir na Black Friday, pois os consumidores reconhecem fraudes;
  • Conquiste seus clientes: Aproveite o email coletado dos novos leads para novas campanhas de marketing. Quem sabe para um desconto especial na Cyber Monday ou no Natal;
  • Cumpra prazos: Continue encantando seu cliente fazendo tudo certinho, do jeito que ele espera;
  • Analise os progressos: Perceba a taxa de conversão e o ROI obtido no evento para melhorar nos próximos anos.

 

A Black Friday, também, serve como um “esquenta” para as festas de fim de ano. Os comerciantes percebem, por meio do fenômeno, o que esperar das compras de Natal. Mas é muito provável que os resultados sejam positivos.

Segundo a Ecommerce Brasilem média, 3 dias “normais” de vendas online no Brasil registram uma taxa de conversão em torno de 2,44%. Durante a Black Friday a conversão cresce, chegando a cerca de 4,13%”. Ou seja, prepare seu site para encher o carrinho dos empresários consumidores!

Mas, quer saber ainda mais sobre Ecommerces B2B para elevar seus resultados? Baixe nosso Ebook agora gratuitamente. Aproveite!

Gostou deste artigo? Assine nossa news e receba todo mês por e-mail novidades interessantíssimas para seu negócio. Boas vendas e até a próxima!

Avatar Ingrid Marina postou 01/11/2018
toasty