2+
         
E-commerce

Por Delvair Macedo - 08/09/2016

5 indícios de que você precisa mudar o design do e-commerce

Com o avanço da internet e dos dispositivos móveis, ter uma presença no ramo do e-commerce tornou-se essencial para toda empresa que visa aumentar vendas e lucros. No entanto, não basta apenas criar uma loja virtual: muitos sites de vendas pela web geram pouquíssimo retorno devido a problemas com o design.

Veja neste post os indícios mais claros de que algo está errado com o design do e-commerce!

5 indicios de que você precisa mudar o design do ecommerce

Queda no número de visitantes

Começamos pelo sintoma mais visível de que algo está errado com sua loja virtual: a queda no número de visitas ao site, que vem acompanhada de um número menor de vendas. Uma diminuição nos acessos é sinal de que seu site pode estar com falhas nas técnicas de SEO (otimização para buscadores) utilizadas, ou o layout e navegação podem estar afastando os clientes logo no primeiro clique.

Problemas na navegação

Um site com navegabilidade ruim está fadado a cair nos níveis de audiência. Layouts pesados, com menus malfeitos, inúmeros pop-ups  ou  adereços inúteis, como animações em Flash, dificultam a procura do cliente, causando aborrecimento e abandono da compra.

Mecanismos de busca interna falhos

Uma loja virtual pode ter milhares de produtos disponíveis para compra, e organizá-los é tarefa essencial para um bom funcionamento. Se o seu cliente não consegue encontrar o que procura de maneira simples, provavelmente irá abandonar a visita. Para evitar isso, invista em um bom sistema de tags para produtos e uma ferramenta de busca inteligente, que sugira produtos baseados nas buscas realizadas, por exemplo.

Layout ruim ou desatualizado

Como já levantado no parágrafo sobre navegabilidade, o layout é a alma do site. Um e-commerce com layout mal projetado afasta visitantes e compradores. Como exemplos de designs ruins, podemos citar excesso de elementos (o que afeta a velocidade de carregamento), páginas de produtos pouco detalhadas, links corrompidos e falhas nos redirecionamentos internos.

Em outros casos, um layout que funcionava bem para os valores e ideais antigos da empresa já não se encaixa mais com as novas demandas. Mantenha seu site sempre atualizado e em concordância com a identidade visual e princípios do empreendimento, visto que seu layout deve sempre transmitir fielmente a mensagem de sua marca.

Uma interface bem concebida traz credibilidade: invista em uma experiência de compra satisfatória garantindo uma experiência de usuário excelente!

Design do e-commerce não responsivo

Cada vez mais pessoas fazem suas compras por dispositivos móveis, que já respondem por mais de 14% do volume total de vendas online. Ter um site adaptado para o usuário mobile é essencial, utilizando o chamado design responsivo.

Um e-commerce responsivo é aquele que se adapta aos mais variados tamanhos de telas e navegadores, oferecendo uma navegação simples e fácil para desktops e smartphones, evitando ao máximo o uso do zoom e de barras de rolagem, por exemplo.  Sites que não se adaptam ao mobile estão perdendo um importante diferencial em um mercado cada vez mais concorrido.

Neste artigo, vimos cinco dos sinais que indicam potenciais problemas no design do e-commerce e que podem estar diminuindo a atração e fidelização de clientes, bloqueando a otimização dos lucros. Caso tenha dúvidas de como melhorar o design do seu site, busque sempre a ajuda de profissionais qualificados especializados em web, que saberão corrigir os eventuais erros para melhorar seu posicionamento nas buscas e aumentar os lucros!

Gostou da postagem? Fique atualizado com novos conteúdos, curta a Mentores no Facebook!

Veja Também