1+
         
Tecnologia

Por Bruno Paes - 08/03/2018

Como a realidade virtual está impactando os negócios? Veja mais!

Não é novidade que as novas tecnologias estão mudando a forma como as empresas fazem negócio e se relacionam com os clientes. Soluções surgem a cada dia e é importante acompanhar o desenvolvimento e a aplicação de cada uma delas, identificando oportunidades para a empresa. Uma dessas tecnologias é a realidade virtual, cujo uso vem crescendo bastante nos últimos tempos.

Essa tendência se deve aos benefícios e possibilidades que a realidade virtual traz para os mais diversos cenários. Seja para facilitar a venda de um imóvel ou apresentar uma nova forma de jogar video games, ela proporciona uma experiência diferenciada para os consumidores e novas oportunidades para as organizações.

Pensando nisso, no artigo de hoje explicamos o que é realidade virtual e mostramos que investir nessa tecnologia pode ser uma estratégia interessante para o seu negócio! Confira:

O que é realidade virtual?

A realidade virtual (VR — virtual reality, em inglês) é uma tecnologia que permite a visualização, em 360º, de um ambiente totalmente virtual, criado por meio de um sistema computacional.

Para isso, é preciso utilizar um equipamento com display estereoscópico (como óculos VR e fones de ouvido) que permite efeitos sonoros e visuais. Além da visualização, é possível criar um ambiente que permita a interação do usuário, com efeitos táteis, como jogos ou até mesmo uma loja em que o usuário escolhe produtos.

A ideia por trás dessa tecnologia é promover experiências mais completas para as pessoas, criando uma situação totalmente imersa no ambiente, uma nova realidade, sem interferências externas.

Mulher com óculos de realidade virtual

 

História da realidade virtual

O termo realidade virtual foi apresentado pela primeira vez em 1938, pelo autor francês Antonin Artaud. Mesmo antes, já havia experimentos que permitiam a experiência em “outros ambientes”, como os óculos estereoscópicos com cartões 3D em pontos turísticos, que podem ser considerados os antecessores dos óculos atuais.

A tecnologia chamou a atenção de diversos cientistas e pesquisadores, que desenvolveram o conceito e as possibilidades da tecnologia para o que temos hoje. As pesquisas contaram com investimento de diversas empresas mundialmente conhecidas, como PlayStation, Facebook, Google e Microsoft.

Os dispositivos mais conhecidos são o Oculus Rift (Facebook), Google Cardboard, PlayStation VR, HoloLens (Microsoft), Gear VR (Samsung) e HTC Vive. Eles também são utilizados por outras empresas, para que seus usuários tenham a experiência em ambientes de realidade virtual.

Com o uso crescente da tecnologia, não só por grandes corporações, a estimativa é que esse mercado ultrapasse o faturamento de US$150 bilhões de dólares até 2020. Essa análise é baseada nas possibilidades da tecnologia e seu uso por diferentes negócios e segmentos.

Quais são as possibilidades para os negócios?

Das empresas que já adotaram essa tecnologia, a maioria a utiliza para fins de entretenimento, promovendo seus produtos ou apenas criando uma experiência mais interativa. Entretanto, existem diferentes aplicações para a realidade virtual. Veja:

Treinamentos

Uma das diferentes possibilidades do uso de VR nas empresas é a criação de treinamentos para seus funcionários. Essa prática já é seguida pelos militares americanos, promovendo um ambiente mais realista para os soldados, sem riscos à segurança física deles.

O mesmo conceito pode ser adotado por empresas que precisam de funcionários bem capacitados tecnicamente e que querem criar processos mais eficientes de treinamento.

Prototipação

Outra possibilidade da realidade virtual é a capacidade de criar protótipos mais reais e interativos. Construtoras podem desenvolver todo o seu projeto em VR e usar esse artifício para apresentar a edificação para potenciais compradores. O custo do projeto é menor do que criar um ambiente real para os consumidores.

Canal de comunicação

A tecnologia também pode ser usada como um canal de comunicação para as empresas e seus produtos, oferecendo a real sensação do que seria a experiência com a sua marca. Empresas de turismo podem promover a visão e sensação de uma viagem de férias, por exemplo.

Venda de produtos

A venda de produtos também é uma possibilidade da realidade virtual. Algumas empresas já estão desenvolvendo projetos nos quais o usuário pode se comunicar com lojas no ambiente virtual, selecionando produtos e interagindo com eles antes de realizar a compra na loja online. Essa é uma experiência totalmente diferente e única para os consumidores.

Produto dentro do mix

Por fim, a realidade virtual pode se tornar parte do mix de produtos, como um item a ser comprado. Essa prática vale para empresas de games, que criaram óculos e fones para que seus usuários possam interagir com ambientes virtuais, principalmente em jogos.

Como ela está sendo usada nas empresas?

Apesar de o maior uso ser feito por empresas de jogos, muitas outras organizações estão se aventurando e adotando essa tecnologia como parte de suas ações. Colocamos abaixo alguns exemplos do uso da realidade virtual com diferentes objetivos e formatos.

Test drive da Volvo

A empresa sueca Volvo, conhecida mundialmente por seus caminhões, desenvolveu um aplicativo que usa a realidade virtual para que os usuários possam realizar um test drive totalmente virtual e imersivo em seu SUV de luxo Volvo XC90 em casa. Para isso, basta que o usuário tenha um smartphone e um Google Cardboard (óculos VR de papelão desenvolvido pela Google).​

Convidado VIP da Topshop

A Topshop investiu em VR para proporcionar uma experiência única para seus clientes. A empresa realizou uma parceria com o Google Cardboard e o Oculus Rift (aparelho de propriedade do Facebook) em 2014 para oferecer uma experiência VIP para seus clientes, permitindo que eles visitassem a Semana de Moda de Londres, marcando presença na primeira fila dos desfiles e nos bastidores do evento.​

Comercial interativo Merrell

A marca Merrell fez uma parceria com a revista Rolling Stone em 2015 para lançar o primeiro comercial em movimento da empresa, oferecendo uma experiência em realidade virtual para as pessoas, permitindo que eles caminhassem por uma trilha nas montanhas.​

Set de Game of Thrones da HBO

A HBO, empresa de entretenimento e mídia, fechou uma parceria com o Oculus Rift para oferecer uma experiência única para os fãs de Game of Thrones, sua principal série e uma das mais famosas do mundo. No ambiente, as pessoas usavam o óculos para subir em um muralha de gelo, com mais de 200 metros de altura. A experiência também contou com efeitos físicos, como ventos gelados.

Como começar um projeto de realidade virtual?

Fica claro que a realidade virtual é uma estratégia atrativa para qualquer negócio, auxiliando tanto nas suas vendas quanto na comunicação da empresa ou até mesmo no preparo de seus profissionais.

A melhor forma de desenvolver um projeto de VR é procurando uma empresa especializada no assunto. Elas possuem não só o conhecimento, mas também os equipamentos necessários para criar um ambiente virtual de qualidade, que possibilite a melhor experiência para seus usuários.

Vale ressaltar que qualquer empresa pode usar essa tecnologia e que os projetos criados variam em preço, permitindo até mesmo que pequenos empreendedores invistam nessa forma de inovação para seus negócios.

Gostou de aprender mais sobre realidade virtual e as possibilidades de uso na sua empresa? Acha que esse conteúdo pode ajudar mais pessoas? Então não deixe de compartilhar nas suas redes sociais!

Veja Também