0
         
Marketing Digital

Por Delvair Macedo - 17/10/2016

Por que o endomarketing pode ser a base para o sucesso de uma empresa?

Já parou para pensar que o seu colaborador pode ser considerado um cliente interno? Por meio desse olhar trabalha o Endomarketing, a relação entre organização e colaborador se torna uma troca vantajosa para ambas as partes. A empresa precisa do trabalho das pessoas, investindo em talentos. Os membros da equipe, por sua vez, precisam de um lugar para alavancar a carreira.

Nesse sentido, o endomarketing pode ser a base para o sucesso de uma empresa. No post de hoje, entenda o porquê!

O endomarketing e a retenção de talentos

Muitos se perguntam sobre o que faz uma empresa conseguir tantos talentos. Olham para as grandes organizações, admiram a lealdade de seus colaboradores, bem como o engajamento, e não entendem por que isso não acontece no seu negócio.

Bom, a primeira reflexão necessária é: você investe nos seus colaboradores? Se a resposta for não, talvez por isso sua equipe ainda não seja um time de talentos. Caso você esteja investindo, e o resultado não seja como o esperado, existem algumas dicas de endomarketing que podem ajudar.

3 práticas de grandes empresas de sucesso

O endomarketing é uma atitude para com o colaborador que exprime uma verdadeira preocupação com a sua percepção voltada ao trabalho e à empresa como um todo. A prática desse conceito e o seu sucesso dependem também da frequência, da continuidade e da coerência com outras ações.

Nada como uma boa referência para provar a importância do investimento no capital humano para um negócio. Por meio de uma cultura focada em pessoas e resultados, é possível construir uma excelente reputação no mercado, atraindo grandes talentos. Conheça algumas ações de endomarketing de empresas famosas:

1. Tratando o colaborador como um cliente

A Fiat é um exemplo de empresa que utiliza o endomarketing com sua equipe. Além de tratá-los, de fato, como clientes, disponibilizando até o primeiro test-drive para seus colaboradores, ela incluiu a família dessas pessoas nas estratégias internas. Uma dessas práticas consiste na realização de festas e comemorações para colaboradores que fazem aniversário de casamento, bodas e, até mesmo, festas de debutante para suas filhas.

2. Contato direto com o presidente da empresa

Tanto a Fiat quanto a Google, por exemplo, criam uma relação direta de diálogo com os grandes executivos da empresa, disponibilizando seus contatos e abrindo um canal de comunicação entre equipe e líderes. Tal fato fortalece o vínculo de colaboradores e torna as relações menos hierarquizadas, o que influencia diretamente o aspecto motivacional.

3. Fortalecendo a identidade organizacional

A Citibank, no Brasil, tinha o intuito de aumentar o orgulho de colaboradores de pertencerem ao grupo e fortalecer a identidade da empresa. Logo, criou a campanha “Sou Mais Citi”, que, durante dez dias, fotografou mais de 400 funcionários, utilizando sua imagem nas estratégias de comunicação interna da empresa. Com essa campanha, a empresa recebeu um prêmio entre todas as unidades do mundo, e espalhou essa prática para outros cinco países.

Está enganado quem pensa que apenas grandes empresas podem utilizar o endomarketing. Pequenas empresas podem e devem criar suas próprias ações para engajar funcionários. A base desse conceito está em conquistá-los como clientes, valorizando seu papel no negócio e demonstrando esse valor no dia a dia.

Quer conhecer mais estratégias eficientes do universo organizacional? Siga nossa página e tenha acesso a mais conteúdos como esse!

Veja Também